Je suis nous.
Lembranças de nós.
Na vida, a gente somente depende de alguém que confie na gente, que não desista da gente. Uma âncora, um apoio, um ferrolho, um colo.
Cara, você gosta mesmo de mim? Você me quer mesmo ao seu lado “pra sempre” como você vive dizendo nas redes sociais? Olha, não brinca com isso. Eu levo muita coisa à sério, inclusive essas suas declarações repentinas. Eu sei que pareço ser boba, que pareço não ligar pra muita coisa e sei também que na maioria das vezes — quase todos os dias — eu demonstro não ter sentimentos, mas eu tenho e tenho muitos, viu? Não brinca comigo. Não desperta em mim algo que você não vá conseguir cumprir. E não, de forma alguma estou desconfiando das coisas que você diz, só ajo assim porque foi a vida quem me tornou desse jeito. Foi a vida quem criou essa casca de que “eu sou forte e nada me abala” por fora, mas aqui dentro de mim, só eu sei o quanto dói ser enganada, só eu sei o quanto é ruim se iludir com um “eu te amo” dito em tempos de brincadeira. Olha, eu também só queria te avisar que se você está realmente disposto a enfrentar tudo e todos por mim, terá que me enfrentar primeiro, enfrentar o meu lado ciumenta, possessiva, escandalosa, chata, irritante e principalmente, o meu lado de menininha. São coisas pequenas e bobas, eu sei. Mas sei também que são coisas que podem te afastar de mim um dia. Enfim, eu só não quero que chegue aqui, pague de “o bonzão” e depois vá embora achando que conquistou muita coisa. Porque calma eu sou boa, mas nervosa eu sou muito melhor. Abre teu olho.
Bilhete Anônimo. 
6 hours ago . 3,479 notes . compartilhe
Ninguém prestava atenção nos meus sinais, mesmo eu estando ali o tempo todo. Por muito tempo passei despercebido. De repente, quando começaram a me perceber, diziam que eu havia mudado demais. Ninguém me conhecia, e mesmo assim todos achavam que me conheciam mais do que eu mesmo.
Dois tons de amor.  
6 hours ago . 15,051 notes . compartilhe
Não nasci para ser adequada, coerente, adorável. Nasci para ser gente. Para sentir de verdade. Tenho vocação para transparências e não preciso ser interessante o tempo todo. Por isso, não espere que eu supere as suas expectativas: às vezes, nem eu supero as minhas.
Marla de Queiroz.  
6 hours ago . 42,776 notes . compartilhe
O jardineiro conversava com as flores, e elas se habituaram ao diálogo. Passava manhãs contando coisas a uma cravina ou escutando o que lhe confiava um gerânio. O girassol não ia muito com sua cara, ou porque não fosse homem bonito, ou porque girassóis são orgulhosos de natureza. Em vão o jardineiro tentava captar-lhe as graças, pois o girassol chegava a voltar-se contra a luz para não ver o rosto que lhe sorria. Era uma situação bastante embaraçosa, que as flores não comentavam. Nunca, entretanto, o jardineiro deixou de regar o pé de girassol e de renovar-lhe a terra, na ocasião de vida. O dono do jardim achou que seu empregado perdia muito tempo parado diante dos canteiros, aparentemente não fazendo coisa alguma. E mandou-o embora, depois de assinar a carteira de trabalho. Depois que o jardineiro saiu, as flores ficaram tristes e censuravam-se porque não tinham induzido o girassol a mudar de atitude. A mais triste de todas era o girassol, que não se conformava com a ausência do homem. “Você o tratava mal, agora está arrependido?” “Não, estou triste porque agora não posso tratá-lo mal. É a minha maneira de amar, ele sabia disso, e gostava”.
Carlos Drummond de Andrade.  
6 hours ago . 10,105 notes . compartilhe
Amar sempre foi da natureza e sempre existiu seus elementos. Quem ama se queima como fogo, se refresca no vento e se molha na água, se amar for pra ser definido a única definição existente é que para o amor não existe fronteiras. Amar não é ser sólido, não é ser gasoso. Amar, é ser as cores de um mundo preto e branco, é ter seu coração batendo para outra pessoa, é ser o chão daquele que é seu chão. Amar não é se deixar levar por alguém. É saber voar no mundo sem ter asas, sem ter chão para pousar. É entregar sua alma para outro corpo que não seja o seu, é se deixar levar por alguém que nas idas e vindas escolha o seu céu para voar. Amar não e isso nem aquilo, amar e tudo que faz dois corações ocuparem o mesmo espaço.
Thiago Guedes
6 hours ago . 157 notes . compartilhe
Hoje fiquei pensando em você e pensando no que eu sinto por você e é engraçado porque quando eu estou longe eu não sinto aquele amor incontrolável de quando eu estou perto. Eu não sinto a necessidade de te beijar e te tocar, queria entender isso, queria saber porque eu sinto isso. As vezes eu chego a pensar que eu não te amo.
Para alguém que talvez nunca irá ler.
6 hours ago . 1,125 notes . compartilhe
São as nossas canções.
Não acredito em poetas nem em filósofos gregos ou alemães, em psicanalistas ou em biólogos. Não acredito em teorias ou conselhos, em receitas ou testes de revistas. Não acredito nos mais velhos e nem em livros de autoajuda, em filmes americanos ou na Wikipédia. Não acredito em cartomantes nem em simpatias, em cantadas infalíveis ou versículos da Bíblia. Não acredito em Eros ou Afrodite, nos programas do Sílvio Santos ou na genética. Nem no García Márquez e nem no Sternberg. Não acredito em Santo Antônio ou no Dia dos Namorados. Eu acredito em canções. Eu acredito no Elvis Costello. Entendo tudo que os discos do Stevie Wonder querem me dizer. Acredito nos caras do Coldplay. Acredito em Solomon Burke, Cazuza, Nirvana, Queen, Tom Waits, The Smiths, All Green, Frank Sinatra, Neil Young, Verve e Radiohead. Estou com “Something”, dos Beatles. Confio em “Baby, I Love Your Way”, Peter Frampton. Me consolo com “Leaving On A Jet Plane”, na versão de Peter, Paul & Mary. Posso ser definido por “Comfortably Numb”, Pink Floyd ou pela turma do Bread, com “Lost Without Your Love”. Tim Maia, John Lennon, Carly Simon, Marvin Gaye, Jim Morrison, Chico Buarque, Otis Redding. Esse é o pessoal que você realmente não perde por escutar. Não existe nada grafado em papel ou num divã de vinil que faça sua alma compreender do que é feito o amor. Já ouviu falar em paixão, intimidade, sexo, loucura, companheirismo, saudade? Se já, aposto 50 dinheiros, não foi porque leu em algum lugar ou ouviu um professor os descrevendo. Você cruzou com isso em vida ou então pôs seus headphones e deixou-se levar por uma canção, as três de uma madrugada insone. Um dia você precisou aliviar seu sofrimento e quem estava lá? Sua mãe, um analista, um amigo bêbado? Fodam-se eles. Você ligou o rádio e alguém como Ian Curtis ou os rapazes do U2 disseram “ei cara, pare de lamentar sua perda, você já deu a volta por cima, pense no quanto você está melhor hoje”. Aí você muda o disco. O que você entende por grupo de ajuda? Weezer, New Order, Velvet Underground? Exato. Quando alguém te disser “eu estarei lá por você” só acredite se vier do Bon Jovi, Jacksons Five ou do Kenny Rogers. Eles são os únicos que você pode contar, no duro. Do resto, esqueça. Eles vão falar todo tipo de porcaria, cheios de razão, arrogância e menosprezo vão ditar regras, dizer que isso que soca seu peito é passageiro. E quem são eles? Um bando de diplomas pretensiosos na parede empoeirada, rindo da sua cara pelas costas, seu suposto idiota. Para dilatar uma alma contraída não há formação. Só duas coisas são capazes de arrepiar os cabelos do seu braço: um toque carregado de ternura ou a bela melodia num solo de guitarra. A única coisa que realmente importa acontece no pátio em intervalos, e não nas salas de aula. Seja qual for a história, se houver uma canção narrando sua situação, não importa o que disserem ou o que estiver escrito. É amor.
Gabito Nunes.
7 hours ago . 1,627 notes . compartilhe
Honestamente… eu amo você.
Cartas para Julieta.
11 hours ago . 363 notes . compartilhe
12 hours ago . 2,975 notes . compartilhe
Piedade. Vamos pedir piedade. Senhor, piedade. Piedade pra quem errou e não soube como pedir desculpas, para quem se ausentou e até hoje, esqueceu de voltar. Piedade a quem não conseguiu ser melhor, a quem, por gosta demais do subentendido, deixa de dizer que sente saudade. A quem mentiu, atrasou ou sumiu, piedade. A quem nunca foi inteiro, de verdade e omisso, muita piedade, Senhor. A quem tem um orgulho tolo, miopia na alma e egoísmo em todo o corpo, por favor, vamos pedir piedade. Piedade a quem não sabe como pedir ajuda, a quem corre sempre rumo a lugar nenhum, por quem foi ferido e até agora, só soube feri, toda piedade a vocês.
Década de Vinte. 
12 hours ago . 328 notes . compartilhe
Porque no final, quando você perde alguém, cada vela, cada oração, não vai mudar o fato que a única coisa que sobrou é um buraco na sua vida, onde alguém que você se importou costumava estar. E uma pedra, com o nascimento cravado nela que eu aposto estar errado.
Damon Salvatore.
12 hours ago . 40,793 notes . compartilhe
Que irônico descobrir que meus dias são uma consequência de você em mim, que você pode ter um alguém que consegue te cobrir de bem querer simplesmente por existir e permanecer contigo, que teus dias podem ser baseados em decidir se esconder debaixo do primeiro cobertor e não querer receber a visita de ninguém ou simplesmente dar bom dia pra cachorros porque os cachorros também merecem um ótimo dia. Você tem a capacidade de mudar o meu jeito de enxergar as manhãs, de observar as cores e as coisas, de timidamente preferir viver e de sorrateiramente querer levantar da cama com mais bom humor, com um belo humor! As pessoas têm a capacidade de existirem e deixarem de existir em você, porque existir em alguém é simplesmente se importar e estar ali existindo sabe? E a sua existência em mim é o meu sorriso, a tua dependência de mim se torna um paraíso que eu preciso e é ai que os meus dias deixam de ser chamados de dias pra se apelidarem com teu nome. De algum modo quando queremos alguém em nossas vidas elas transformam e se tornam nossas manhãs mais lindas, nossas tardes mais bem assistidas e nossas noites mais bem dormidas. Porque quando a existência de alguém é suficiente pra te causar bem ela retoma algo capaz de te fazer enxergar as coisas de uma forma diferente, a sua maneira de viver se torna dependente e a escolha de permanecer deixa de ser sua pra ser de outra pessoa, soará estranho, mas é o jeito com que esse alguém te trata que fará com que você tenha momentos felizes ou infelizes, calmos ou agitados, vivos ou nublados. Na verdade é essa dependência que dirá se seus dias vivendo são dias a mais ou dias a menos.
Willians Souza. 
12 hours ago . 1,184 notes . compartilhe
Então, esta é a minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim.
As Vantagens de ser Invisível.   
12 hours ago . 20,431 notes . compartilhe
Tenho uma “queda” pelo o seu sorriso, seu jeito, suas palavras, enfim, tenho uma queda por você em completo
Sam, you okay? 
13 hours ago . 768 notes . compartilhe
Anonymous says: quero seu whats

pena que querer n é poder ^^ rs

13 hours ago . 3 notes . compartilhe